Introdução ao Neo4j com .NET

0

Já vimos aqui no blog algumas postagem sobre Neo4j , porém até agora não vimos como realizarmos uma operação no banco utilizando alguma liguagem de programação. Então você é um desenvolvedor .NET, este post fornece uma visão geral das opções para se conectar ao Neo4j. Embora este guia não seja abrangente, ele apresentará o básico para que você possa se conectar ao banco de dados:

O driver Neo4j .NET é oficialmente suportado pelo Neo4j ( à partir da versão 3.0) e se conecta ao banco de dados usando o protocolo binário. Ele pretende ser mínimo, sendo idiomático para o .NET de maneira simples e prática utilizando em sua grande maioria das vezes, comandos baseados em CypherQuery.

A instalação é bem simples!


Install-Package Neo4j.Driver
-Version 1.3.0

Após a inclusão do pacote, você já poderá se conectar com a sua instância local ou remota de Neo4j através do protocolo bolt.

//adicione esta referência
using Neo4j.Driver.V1;


//coloque suas credenciais
using (var driver = GraphDatabase.Driver("bolt://localhost:7687", AuthTokens.Basic("usuario", "senha")))
using (var session = driver.Session())
{
    //iremos criar um nó chamado pessoa
    session.Run("CREATE (a:Person {name: {name}, title: {title}})",
                new Dictionary<string, object> { {"name", "Arthur"}, {"title", "King"} });

    //consultando o nó criado
    var result = session.Run("MATCH (a:Person) WHERE a.name = {name} " +
                             "RETURN a.name AS name, a.title AS title",
                             new Dictionary<string, object> { {"name", "Arthur"} });

    //exibindo os resultados em uma console
    foreach (var record in result)
    {
        Console.WriteLine($"{record["title"].As<string>()} {record["name"].As<string>()}");
    }
}

 

Este é um exemplo básico de como vocês podem se conectar com o Neo4j. Lembrando que a porta do protocolo BOLT não é a 7474 e sim 7687, você pode configurar as portas no arquivo de configuração da sua instalação do Neo4j.

Vejam que eu utilizei a string interpolation para exibir os dados do console, você pode ler mais sobre isto aqui.

Você pode ler mais detalhadamente sobre o driver aqui. Caso queira algum outro exemplo com mais operações você pode acessá-lo aqui.

Por hoje é só, logo vamos ter mais posts sobre como se conectar em outras linguagens!

Compartilhe.

Sobre o autor

Criador do blog Código Simples e com mais 9 anos de experiência em TI, com títulos de MVP Microsoft na área de Visual Studio Development, Neo4j Top 50 Certificate, Scrum Master e MongoDB Evangelist. Atuando em funções analista, desenvolvedor, arquiteto, líder técnico e gestor de equipes.

Mais informações em : http://jhonathansoares.com